Tudo o que você precisa saber sobre o lubrificante íntimo




Na hora do sexo existem muitos apetrechos que podem facilitar e melhorar o desempenho e o prazer. Um deles é o lubrificante íntimo, você já usou esse produto? Nesse artigo, vamos desvendar os poderes do lubrificante íntimo.


O lubrificante íntimo é bom para lubrificar a região íntima da mulher?

A lubrificação da região intima feminina é muito importante para se sentir relaxada e ter prazer no sexo. Entretanto, por diversas razões, muitas mulheres não conseguem ter uma lubrificação satisfatória. Assim, o lubrificante íntimo auxilia na lubrificação da mulher, proporcionando mais prazer durante a transa.

As causas mais comuns para a falta de lubrificação íntima na mulher são:

  • Anticoncepcionais;

  • corrimento vaginal;

  • estresse;

  • medicamentos antialérgicos;

  • menopausa

Nesses casos, a mulher deve verificar com seu médico as causas da lubrificação íntima insuficiente e, com isso, solicitar métodos para reverter a situação e a possibilidade de utilizar um lubrificante apropriado para sua condição.


Quando utilizar o lubrificante íntimo

Durante o sexo, o uso do lubrificante íntimo indicado na hora da penetração, vaginal ou anal.  E o uso desse produto é ainda mais indicado quando a região não possui lubrificação suficiente. O uso de lubrificantes ajuda na diminuição do desconforto, dor e até sangramentos que podem ser causados pela penetração.


Quais os tipos de lubrificante íntimo?

Engana-se quem pensa que lubrificante íntimo é tudo igual, pois não é. E alguns possuem composição mais benéficas do que outros. Conheça os tipos de lubrificantes:


Lubrificante à base de água

Ideal para pessoas alérgicas. Esse tipo de lubrificante íntimo hipoalergênico. Além do mais, ele também não é reagente ao látex do preservativo, garantindo maior segurança ao utilizá-lo. É menos consistente que outros lubrificantes íntimos do mercado, pois é a base d’água. É um dos mais adequados para utilizar durante o sexo.


Lubrificante à base de silicone

Outro que é bem adequado para utilizar é o lubrificante íntimo à base de silicone. A sua consistência é mais densa do que o à base de água. Esse tipo também não é reagente ao látex do preservativo, sendo uma opção segura para utilizar na hora do sexo. Contudo, a sua limpeza é mais complicada do que os à base de água, podendo manchar os tecidos das roupas e lençóis. Assim, é preciso cautela ao utilizá-lo.


Só pode ser usado durante o sexo?

Muitas pessoas pensam que o lubrificante íntimo só pode ser utilizado durante o sexo e penetração. Entretanto, não é bem assim que esse produto funciona, tendo diversas indicações de uso, como:

  • Facilita a inserção de absorventes íntimos;

  • Lubrifica preservativo;

  • Auxilia na secura vaginal e elimina o desconforto íntimo.


Seu uso é perigoso?

Geralmente o uso de lubrificante íntimo não causa grandes riscos a saúde. Contudo, algumas situações desagradáveis podem ocorrer, como alergias e outros problemas a pele. Assim, a escolha do produto deve ser feita com cuidado, levando em consideração se sua pele é ou não sensível. Nos casos de sensibilidade, o uso de lubrificante íntimo á base de água é a melhor escolha.


Além disso, o perigo maior no uso de lubrificante íntimo é escolher aqueles que são reagentes ao látex da camisinha, pois eles podem favorecer o rompimento do preservativo, favorecendo a acidentes, doenças sexualmente transmissíveis e gravidez.


O uso de lubrificante íntimo atrapalha o prazer da mulher?

Um dos receios de usar lubrificante íntimo é a perda do prazer sexual na mulher. Entretanto, isso não ocorre, muito pelo contrário. O lubrificante íntimo garante mais conforto durante a penetração, e, consequentemente, mais conforto e aumento do prazer na mulher.


É ideal para o sexo anal?

Sim, o uso de lubrificante íntimo durante o sexo anal é indispensável. A região do ânus não possui lubrificação produzida de forma natural pelo corpo, o que pode atrapalhar na penetração nessa região, causando sangramentos, desconforto e dor. Assim, o uso de lubrificante é indicada quando houver essa prática.


Pode causar alergias?

Sim, o lubrificante íntimo pode causar alergia e outros problemas na pele de quem entra em contato com a sua composição. Contudo, a tecnologia da área cosmética e farmacêutica permite que esses produtos causam menos problemas à saúde.

Se você já possui pele sensível ou com tendência a alergias, a escolha correta é de lubrificante à base de água.


Os lubrificantes são unissex?

Se não tiver uma indicação, o seu uso é unissex. Entretanto, nos casos de lubrificante para o público feminino, esses produtos devem ser utilizados apenas em mulheres, pois a sua formulação e ph são desenvolvidos especialmente para o uso na região íntima da mulher.


Pode ser usado com absorvente interno?

Sim, o lubrificante íntimo também pode ser usado para facilitar a introdução de absorventes íntimos. Muitas mulheres possuem pouca lubrificação interna, mesmo durante a menstruação e isso causa desconforto na utilização de absorvente. Assim, para esse caso, o uso de um lubrificante também é indicado.


É indicado para mulheres na menopausa?

Sim, durante a menopausa as mulheres podem sofrer com a secura vaginal, o que causa desconforto e dor durante as relações sexuais. Muitas até evitam o parceiro e o sexo para não lidar com a situação. Entretanto, uma solução que auxilia na diminuição desse desconforto é o lubrificante , que deve ser utilizado nessa fase da vida da mulher.


Onde comprar lubrificante íntimo?

O lubrificante íntimo é facilmente encontrado em farmácias, especialmente os tipos comuns. Porém, quem gosta de inovar e usar lubrificantes comestíveis, o ideal é ir a uma Sex Shop ou comprar online e conferir os diversos tipos comercializados nas lojas especializadas em produtos para prazer e sexo.


Fonte: Site mulheres bem resolvidas

Por Cátia Damasceno